Associada

Smart Call

Velocidade e precisão no atendimento ao seu cliente são essenciais para o sucesso do seu restaurante.

Saiba Mais

Girassol Food

Esqueça as planilhas de controle e começe ter uma gestão realmente profissional do seu restaurante !

Saiba Mais

Colibri Food

Se o seu restaurante já tem os melhores pratos, você precisa então do melhor sistema de automação do mercado !

Saiba Mais

Comunicados

Informativo sobre Unidade Comercial x Unidade Tributável

Unidade Comercial x Unidade Tributável

São Paulo, 02 de março de 2017.

 

Mercadoria com unidade comercial diferente da unidade tributada. As empresas nas suas relações comerciais efetivam a negociação através de unidades de medidas já costumeiras no mercado. Tal linguagem mercantil facilita o entendimento entre as partes e agiliza o consenso na interação para a venda-compra da mercadoria. 

Tendo em vista a necessidade do fisco de padronização das unidades de medidas informadas nos documentos fiscais foi criado o campo de unidade tributável. É o caso, por exemplo, da unidade comercial ser acordada como “tonelada” e nos registros fiscais a unidade tributável ser adotada como “quilograma”. Isso também ocorre nas grandezas barril, fardo, arroba e outras. 

Com isso, conceituam-se a “Unidade Tributável” como sendo o padrão de medida adotado pelo fisco para determinado produto; e a “Unidade Comercial” aquela medida quantitativa que usualmente já vem sendo utilizada no ambiente da negociação (costume). 

Tais unidades devem ser vinculadas com o objetivo de alcançar a mesma quantidade envolvida na operação

Por questões fiscais, o NCR Colibri Back Office ao importar um xml para entrada de mercadoria considera as informações tributáveis, sendo assim é preciso ter atenção nesta operação.

Exemplo: 

Foi comprado uma caixa do produto X, nesta caixa tem 06 garrafas.

No xml enviado pelo fornecedor consta as seguintes informações: 

<uCom>CX</uCom>

<qCom>1.0000</qCom>

<vUnCom>16.3200000000</vUnCom>

<uTrib>GR</uTrib>

<qTrib>6.0000</qTrib>

<vUnTrib>2.7200000000</vUnTrib> 

Repare que as informações comerciais são diferentes das informações tributáveis, apesar do valor final ser o mesmo. 

No cadastro deste material no CBO, nas unidades de medidas, temos: 

1ª unidade de compra = CX contem 10 un 

Se na importação do xml, no momento de mapearmos os produtos alterarmos a unidade para CX a nota não terá alteração em seu valor, mas o custo e quantidade do produto ficarão errados. 

Na importação do xml a quantidade não é alterada, portanto serão 06 conforme o xml, mas alterando a unidade para CX, e na conversão cada CX tem 10, teremos 60 unidades, uma vez que considerará 06 caixas. O valor de 2.72 será considerado o valor da CX, assim sendo cada unidade (garrafa) terá o custo de 0,27 centavos, e isso está errado. O correto é termos cadastrado como unidade de compra: 

2ª unidade de compra = GR ou GF (garrafa) contem 1 un 

No mapeamento usar essa opção, assim teremos a compra de 06 garrafas com o custo de 2,72 cada. 

Robson
Coordenador de Suporte
robson.ramos@ncr.com